Drops

eco do vazio

Drops

TUDO É VACUIDADE. O SENSO DE ABERTURA QUE AS pessoas vivenciam quando repousam suas mentes é conhecido nos termos do budismo como vacuidade, que é provavelmente uma das palavras mais mal-entendidas da filosofia budista. Já é difícil para os próprios budistas compreender o termo, mas os leitores ocidentais têm ainda mais dificuldade, já que muitos dos primeiros tradutores dos textos budistas em sânscrito e tibetano interpretavam a vacuidade como “o Vazio” ou o nada – erroneamente relacionando a vacuidade com a idéia de que nada existe. Nada estaria mais longe da verdade que o Buda buscava descrever. Apesar de o Buda de fato ter ensinado que a natureza da mente — na verdade, a natureza de todos os fenômenos —[…]

sombra e dúvida

Drops

PROFUNDA FÉ E GRANDE DÚVIDA Hakuin afirma: “O Zen requer profunda fé, grande dúvida e imensa perseverança”. Somos muito inquietos. Acreditamos que se apenas conseguíssemos acalmar a mente de alguma forma, nós teríamos uma vida melhor, seríamos pessoas melhores. Mas, Nisagardatta se opõe: “A mente não precisa ser levada ao descanso. Ela não está em paz. Ela é paz em si mesma!” Você é a pergunta. Você é o questionamento. Você é a resposta. [Fonte: Zen Budismo segundo Roshi Albert Low] ********* Foto: Gabriel da Fonseca (Santaballa Photo)

querido reaça…

Drops

é praticamente impossível discutir com reaças. mas, infelizmente, eles estão por todos os lugares e você vai dar de cara com uns aqui, outros acolá, nas redes sociais, no mundo real. travestidos com os valores da “moral e dos bons costumes”, nossos argumentos vão sempre bater em uma parede de moralismo, censura e retrocesso. para momentos em que você sentir que o diálogo é impossível, utilize a imagem.

Load More