Pode-se falar de boa saúde mental em van Gogh

Pode-se falar de boa saúde mental em van Gogh

Mix

Pode-se falar de boa saúde mental em van Gogh, que por toda a sua vida só assou uma das mãos e quanto ao resto não fez mais do que cortar, uma vez, a orelha esquerda – num mundo que todos os dias come vagina cozida com molho verde, ou sexo de recém-nascido flagelado e enraivado – mal o apanha à saída do sexo materno.
Antonin Artaud, no livro Van Gogh – o suicidado da sociedade

Pintura: Vincent van Gogh, Autorretrato com orelha ligada, 1889 – Londres, Courtauld Institute Galleries.

Fonte: Zine IdeiasBizarras, edição 02, julho de 2001.